“Se não puderes ser o sol, sê uma estrela” Douglas Malloch

                                                                                                                             

Em 2019, alguns astrólogos já sinalizavam que 2020 seria um ano atípico (para outros, nada fácil) devido à tríplice conjunção entre Júpiter, Saturno e Plutão no signo de Capricórnio. Este raro encontro, quando ocorre, tende a prenunciar mudanças significativas na humanidade. De acordo Fernando Fernandes (apud Yubertson Miranda, 2019) foi assim, por exemplo, em 411-412 (os bárbaros invadiram Roma) e em 1146-1147 (início da segunda grande Cruzada). Portanto, já era de se esperar um 2020 globalmente impactante: Saturno (o planeta da cobrança), Júpiter (expansão) e Plutão (transmutação) juntos, no signo de Capricórnio (genuinamente disciplinado, ordeiro, realista e organizado), sempre sinalizam transformações importantes.

E no “ano da Covid-19”, os seres humanos, com mais uma tríplice junção celeste, viveram (e seguem vivendo) uma espécie de deserto coletivo em que, para “preservar a vida”, foi necessário distanciar-se das pessoas que amam. Realmente, não foi e não está sendo uma travessia fácil. Muitos, infelizmente, não chegaram a completar a caminhada. Muitos não conseguiram respirar até dezembro e fizeram precocemente a passagem, cumpriram a missão. Milhares choraram a dor da separação, mas tiveram que seguir… respiraram forte e conseguiram chegar até aqui. Agora, revivem (alguns) a caminhada, estão colhendo (alguns) os aprendizados e assimilando (alguns) a força dos astros em Capricórnio neste ano tão atípico, tão singular.

Eis que, enfim, dezembro não tardou em chegar. Com ele, também chegou a Esperança que poderá ser apreciada, olhando para o céu, em 21 de dezembro. Refiro-me à Estrela de Belém. Os imponentes Saturno e Júpiter estarão próximos, devidamente alinhados, e farão a grande junção presenteando a humanidade com a Luz que o mundo precisa ver, precisa sentir porque, certamente, é a chegada de um novo tempo. Posteriormente, em 25 de dezembro, a celebração do nascimento da Estrela-guia: Jesus, salvador… dias depois, 2021: ano de Vênus, do amor, de um senso de coletividade mais apurado, Saturno em Aquário…

…por enquanto, eu vou ficando por aqui… sigo esperando as Estrelas de dezembro e desejando paz, saúde, amorosidade e vida longa a você, que me lê, interage, que me fez feliz nesta difícil, dolorosa e renovadora passagem. Para você: as Estrelas de dezembro.

2 thoughts to “Estrelas de dezembro ⚘

  • GELSOMINA MARIA BIGNETTI VELOSO

    Sabedoria e iluminação são realmente para pessoas que sabem dar valor as coisas divinas, e sem dúvida você é uma dessas pessoas.
    Que 2021 traga ainda mais realizações pois você merece tudo de bom. Feliz Natal!
    Gina 21/12/2020

    Responder
    • Flavita Conceição

      Gina, gratidão imensa por mais um ano de interação! Que bom que conseguimos fazer a travessia! Muita saúde, paz, amorosidade, fé e esperança para 2021!! Que Jesus Cristo siga iluminando os passos das pessoas de bem! Feliz Natal e até breve 🙌🌻📚

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *